Paráxeni - 17 - Pó e Poeira

"A brancura irredutível do lugar, misturada ao cinza da poeira de pedra e dos restos de incêndios, fazia os olhos se confundirem. Era como entrar em uma banheira de leite e tentar ler um papiro escrito com amido de trigo."

Assinar este feed RSS

Feeds do Paraxeni

Máquina do Tempo

« Outubro 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Publicidade

Últimos Capítulos

Top of Page