Paráxeni - 05 - Primeira Derrota

"   Os pés tocavam o solo da Acaia, poeira subia na corrida, e cinquenta Espartanos caíam sobre os Pátricos. As capas esvoaçavam no ar, os escudos subiam e desciam, conforme os braços se movimentavam, as lanças balançavam numa dança frenética, procurando a carne do adversário."

Paráxeni - Prólogo

  "Por instinto apanhei o punhal e me deitei no solo gramado.

   Argonianos. Estavam caçando longe demais de sua cidade, confundiram o garoto com um lobo ou uma lebre. Eles jamais matariam um Espartano por prazer, fosse ele um homem ou um menino."

Assinar este feed RSS

Feeds do Paraxeni

Máquina do Tempo

« Outubro 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Publicidade

Últimos Capítulos

Top of Page